30.3.12

Sem tirar nem pôr

E eis que algumas horas depois de ter escrito o post abaixo, dou, sem querer, com o video que se segue.
Gostava de acreditar que os Zé Pedros Cobra deste país não desistirão nunca de acreditar que vale a pena acreditar, e com isso fazer com que tantos outros acreditem, naquilo que diz. E eu não queria dizer isto, mas eu já pouco ou nada acredito. Talvez por ter, certamente, mais uns anos do que ele. Talvez por sentir, pensar, viver e partilhar a vida, ipsis verbis de acordo com tudo o que expõe e não ver as poucas sementes que caem á terra e germinam, crescer e dar frutos. Talvez porque me vá faltando a vontade de acreditar que estas mensagens duram, por cá, muito para além de uns momentos de discurso clarividente, que muita gente aplaude sorridente e contente, mas que guarda no bolso mal levanta o cú da cadeira sim, hoje é um dos dias dos cardos e das urtigas do aviso ali em cima. Talvez porque esteja cansada. Muito! Talvez porque esteja farta. Tanto! E talvez porque para não ficar de uma vez por toda amarga queira continuar a acreditar que só tenho estado na hora errada a cruzar-me com as pessoas erradas e que o melhor, o melhor mesmo, será, em vez de me juntar a elas, aviar as malas para bem longe e bem depressa... 
A ver vamos, como diz o cego.

Apesar do meu enorme ceticismo, fiquem com este discurso, que é brilhante!

btw, recomendo vivamente a leitura de um livro que menciona, O caminho menos percorrido, que há muitos anos li


3 comentários:

  1. Eu te desejo vida, longa vida
    Te desejo a sorte de tudo que é bom
    De toda alegria ter a companhia
    Colorindo a estrada em seu mais belo tom
    Eu te desejo a chuva na varanda
    Molhando a roseira pra desabrochar
    E dias de sol pra fazer os teus planos
    Nas coisas mais simples que se imaginar
    E dias de sol pra fazer os teus planos
    Nas coisas mais simples que se imaginar
    Eu te desejo a paz de uma andorinha
    No vôo perfeito contemplando o mar
    E que a fé movedora de qualquer montanha
    Te renove sempre, te faça sonhar
    Mas se vier as horas de melancolia
    Que a lua tão meiga venha te afagar

    DEIXO-TE UM BJ AFETUOSO EM TEU CORAÇÃO

    ResponderEliminar
  2. Para já, um dos melhores videos que já vi, e agradeço-te do fundo do coração esta bela partilha (que irei tb partilhar).
    Adorei o parte do "nós temos de deitar a baixo o TER, pois nós somos SERES humanos e não TERMOS humanos".
    OBRIGADA MAIS UMA VEZ!!!!

    bjs doces minha amiga linda xxxx

    ResponderEliminar