8.3.12

Sabes lá...



Tu sabes lá do que sou capaz...
Sou capaz de pintar as unhas de cores freak ou com a mais discreta que já viste. De viver de havainas ou caminhar descalça ou calçar sapatos de princesa para desfilar em passadeiras vermelhas.
Sou capaz de ir trabalhar de bicicleta, viajar de comboio ou viver numa tenda. Sou capaz de sonhar a casa perfeita, onde cabem todos os sonhos, lutar por ela e tê-la.
Sou capaz de ficar a contar as estrelas para que o sono não chegue ou de dormir fora de horas, depois de dias de encontros e desencontros.
Sou capaz de cozinhar para uma familia inteira e de viver a iogurtes, fruta e sopa.
Sou capaz de estar aqui e de me mudar para lá.
Sou capaz de te amar uma vida inteira, a minha vida inteira, ou de num abrir e fechar de olhos arrumar-te num canto de mim com um simples já está.
Sou capaz de caminhar horas a fio sem destino e de traçar as rotas mais definidas para o meu caminho.
Sou capaz de entrar num quarto escuro ou de dormir sem nunca fechar um estore ou a portada de uma janela.
Sou capaz de conversas sem rumo e de palavras caladas. De mergulhar os olhos num mar tranquilo e de me rever nas ondas revoltadas.
De viver de olhos fechados e de sonhar com os olhos abertos. De me entregar ao que desconheço e nunca me dececionar com as consequências.
Sou capaz de aceitar praticamente tudo o que a vida reserva e incapaz de desistir da felicidade plena.
Tu sabes lá do que sou capaz...
Tu, que sabes tudo de mim. E ao fim ao cabo, não sabes nada.

13 comentários:

  1. Como me identifico com TUDO isso :)
    FELIZ DIA PARA TI GRANDE MULHER :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei cada palavra.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  3. Sabes que todos os dias te desejo um feliz dia, hoje, e só porque a data o impõe e porque nós somos uns seres de hábitos, e como é um hábito neste dia relembrar, desejo-te um feliz dia da Mulher.
    Depois de ler o que escreveste, pensei
    "Eu, que não sei nada de ti. Ao fim ao cabo, sei um pouco de ti."

    Beijo!

    ResponderEliminar
  4. e de escrever textos maravilhosos, como este!

    ResponderEliminar
  5. este texto está tão, tão bonito que nem sei o que dizer! adorei =)

    ResponderEliminar
  6. Obrigada a todos.
    De algum modo, o post desta manhã, é a minha resposta aos vossos comentários.

    ResponderEliminar
  7. Bem que magnífico texto!!!!!! Que bem que se escreve no feminino, querida M.

    ResponderEliminar
  8. Enquanto houve mentes brilhantes como a sua a qual posta coisas maravilhosas haverá sempre um balde de gelo no qual poderá com poucas ou muitas palavras expor seja lá como for aquilo que sua linha da imaginação possa ela crias sempre estará parte daquilo que és daquilo que nos revela numa simples imagem assim como ti na sua mais pura simplicidade de mulher que és no intimo que fora criada posta sempre algo referenciando a fragelidade a força e as virtudes da mulher naquilo que és mulher. Obrigada linda por fazer o mesmo retribuindo de bom grado minha visita no seu blog o qual já esta em meus favoritos guardado com muito carinho em meu coração.... Jamais a questionarei por que não a o que questionar tudo é perfeito e feito de uma tamanha magnitude que são meramente expressas de uma maneira tão suave e simples como se escrevesse cada palavra e cada linha com o sopro e a suavidade de sua respiração que nos faz crer que na simplicidade daquilo que fora criada mulher tem o poder e o dom da escrita na sua pura feminidade....Um forte abraço e um bj bem no seu coraçãozinho....
    http://www.uanderesuascronicas.blogspot.com
    Convido-a fazer parte do meu blog...

    ResponderEliminar
  9. post muito, muito bom!!!!

    ResponderEliminar
  10. Impossibilitado de comentar "o outro" aqui estou apenas para lhe dizer obrigado.
    Quem assim escreve, no mínimo merece ser lido.
    Bem haja!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Meus Deus... Estou sem palavras...
    Como me revejo no que escreves... Nunca conseguiria "exprimir-me" tão bem...
    Bjnhs*

    ResponderEliminar
  12. Rui, obrigada eu, sempre, pela sua presença tão constante neste lugar.

    Um beijinho!

    ResponderEliminar