31.12.11

Das últimas horas do ano #1

Ainda sobre a vida no hotel...
Desde o inicio da semana que o [nesta altura do ano] pacato Design Hotel da vila de Sagres vem engrossando de gente. Ontem á noite foi a enchente e no hall de entrada amontoavam-se malas, sacos, casais, famílias e crianças num reboliço geral. Ouve-se falar mais português, é verdade. 
Hoje de manhã, a sala do pequeno almoço era uma sofisticada réplica do Inatel. Ele é um Martin venha cá, um Madalena não faça isso, um Ó Vasco o menino saia daí, um Ó meninos parem sossegados! para todo o lado. No parque amontoam-se carros de respeitosa celindrada e pelos corredores circula uma ou outra empregada importada para cuidar dos meninos, para que não macem... 
Logo á noite a festa promete ser rija e na coffee shop já estão hasteadas as cortinas prateadas enquanto se monta o palco, as luzes e o som. 
De uma forma geral, Sagres está cheia de gente. Alemães, dinamarqueses ou holandeses (quem é que sabe que língua de trapos fala aquela gente?), franceses e, agora sim, bastantes portugueses. Curiosamente, não  se ouve por aqui um único som inglês - ficam todos num sítio que eu cá sei, os amigos, para mal dos nossos pecados. A ver se é no novo ano que começamos a importar mais destes, dos que aqui chegam, para lá... Mas esta é demasiado private... não tentem entender... ;-)
By the way, alguém quer mesmo uma constipaçãozinha filha da p* para o fim de ano?...

3 comentários:

  1. posso oferecer a minha também :)

    ResponderEliminar
  2. Não, deixa tar, este ano não me constipei, não havia de ser agora para acabar o ano ;)
    Tem um optimo 2012, beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada pela vossa solidariedade!
    Já estou curada.
    Um bom ano! :)

    ResponderEliminar