10.4.12

Todos os Pedagogos são Mágicos*

- Rapaz?!... Chega-te aqui!
(quando somos jovens psicólogos e o diretor da faculdade, do outro lado do corredor, com ar grave, nos acena, nunca corremos só. Embatucamos antes de falar)
- Soube que te convidaram para dares aulas?...
- É verdade... (disse eu, com o mesmo ar misterioso com que não percebia como é que o meu primo Fernando, quando ia a conduzir, parecia ver todas as asneiras que eu fazia, no banco de trás do seu VW).
- Tens ideia que vais ter alunos mais velhos que tu?...
- Tenho (como eu estava verborreico, nesse dia!)
- Ora bem, rapaz: por isso mesmo, eu tenho uns truques para te ensinar! (os professores ensinam truques?, pensei eu. Recompus-me e, deitando á única pergunta que não devia colocar, murmurei)
- E... funcionam?
- Seguramente! (e foi, então, que compreendi que a pedagogia pode ter, simplesmente, um toque de magia). Quando um aluno te colocar uma pergunta a que não saibas responder, fazes o ar mais misterioso que consigas, tosses ligeiramente, levantas uma sobrancelha, para te tornares intimidante e, sem nunca lhe responderes, dizes-lhe: Ora aí está uma boa pergunta!
- E... funciona? (meu Deus! Não há duas sem três. Há dias em que uma pessoa parece que se desliga do seu brilhantismo... Maldito cérebro de réptil!...)
- Seguramente!
- Porquê?...
- Porque o aluno que te pôs essa pergunta vai ficar tão vaidoso que já nem se vai interessar pela resposta...
(Fantástico! Mas...)
- E se insistir?...
- É fácil. Fazes o ar mais misterioso que consigas, tosses ligeiramente, levantas uma sobrancelha para te tornares intimidante, estás ver? e, sem hesitares, dizes-lhe: E você, o que é que acha?...
- E ele?... (quem disse que um homem aflito não poupa nas palavras?)
- Ele dá-te a resposta. E tu...
- Com o meu ar mais sério...
(Vejo que já aprendeste) 
- Com o teu ar mais sério, dizes: Está a ver como sabia?...

Agradeci muito ao meu professor de Ciências da Educação e, a partir desse dia, eu descobri que não só ele contava histórias como mais ninguém fazia, como me introduziu o bichinho da magia que, não ia tardar muito, não deixaria de testar...

Eduardo Sá
- Nunca se Perde uma Paixão - 








*Todos os pedagogos são mágicos. É quando percebemos que as palavras são varinhas de condão com as quais podemos enfeitiçar de encanto ou desencantar alguém que as passamos a usar com mais cuidado.

4 comentários:

  1. Simplesmente maravilhoso, Obrigada pela partilha. Bj** e feliz dia.

    ResponderEliminar
  2. Adorei tanto que vou partilhar também. É mesmo isso.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Acabei por entusiasmar-me e fiz um post sobre essa frase.

    ResponderEliminar