22.4.12

Fim de dia






E há noite, quando tudo se acalma e o dia adormece, a casa perfuma-se de mel, canela e erva doce e entrega-se ao silêncio das pequenas luzes, em paz

1 comentário: