26.5.12

Trabalhar


A começar mais uma tarde de trabalho, os meus olhos mergulham nesta imagem, com a simultânea função de me conferir a paz e a força que necessito, para continuar a investir num projeto que nada nem ninguém me demoverá de acreditar. E se hoje a tarde de trabalho é por aqui, a meta é que daqui a dois anos possa ser por e que o escritório onde me inspire e me realize na hora de traçar outras metas e objetivos, seja tão tranquilo e iluminado quanto este. No que depender de mim, desistir e baixar os braços não faz parte dos planos. Do que da Vida depender, faça-se segundo a arte! Entrego. Confio.

2 comentários:

  1. Querida M.,
    E devemos sempre persistir nos nossos sonhos, naquilo que acreditamos ser o melhor para nós e que nos realiza.
    Muita força! Sei que desistir não faz parte do teu glossário.

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Minha querida T.
    Muito obrigada pelas tuas palavras!
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar