24.5.12

Agri-doce


O prazer de ler homens que sentem, observam e escrevem assim.

6 comentários:

  1. Oh não consigo abrir...
    Bj** para ti querida.

    ResponderEliminar
  2. Tenta na barra lateral do meu blog, o blog do "O Bom Sacana", post "ela era doce sem o saber"; pode ser da tua firewall, pq o blog abre com advertência de conteúdo para adultos

    ResponderEliminar
  3. Como não consigo comentar o post de hoje, digo-te: Com um passo de cada vez, com o pensamento no objectivo final, com a Fé e o acreditar sempre, tudo vem ao nosso encontro!
    eu acredito nisto e espero que tu também.

    Ah e nada de pedidos de desculpas ok? acho que já tinhamos combinado.
    Eu tambem ando com a vida num oito, e só com ausência vejo a quanta falta ele me faz... (está para breve o final da obra na Horta da Moura, finalmente!)

    Quanto ao Bom sacana, adoro lê-lo.

    Bj** e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  4. Acredito, minha querida, acredito MESMO nisso tudo... mas ás vezes o coração pede que o Tempo acelere mais um bocadinho... :)

    Quanto ás saudades... pois é... ás vezes só precisamos de uma experiência diferente, para comprovar o que sabíamos mas já não lembrávamos.
    Fico feliz! :)
    Beijo grande!!!

    ResponderEliminar
  5. Querida uma boa parte de mim,

    engraçado teres achado piada a este pedaço de texto porque na verdade leva um bom pedaço de mim. Arrancado, em bom rigor, que eu por mim nunca abriria mão de um amor como o que alimentou estas palavras. E obrigado pelas tuas visitas ao meu blog. Tudo de bom.

    ResponderEliminar
  6. Meu Querido Garcia,

    Se me dissessem que algum dia um Pulha me arrancaria um sorriso e um suspiro, quase em simultâneo, imaginas o que eu diria?...

    Por lá ando quase sempre!
    Por cá, é sempre muito bom ter-te.

    Isso tudo, para ti também.

    ResponderEliminar