6.3.11

A Natureza das coisas



A Natureza estará sempre presente nos meus processos de catarse. Sujar as mãos na terra, ir ao fundo das coisas é o mesmo que descer ao centro de mim.
A Natureza estará sempre presente nos meus processos de fuga. Sempre que fujo do que não me é essencial reencontro uma boa parte de quem sou. Redescubro o caminho, defino por onde vou e onde quero chegar.
A Natureza estará sempre presente nos meus dias menos bons. Ela, como ninguém, conhece com Sabedoria a cadência da Vida e todos os segredos escondidos, que nos ajudam a Renovar.

4 comentários:

  1. Sem dúvida. A Natureza tem uma grande força inspiradora!

    ResponderEliminar
  2. É terapeutico, também gosto muito :-)

    ResponderEliminar
  3. ADOREI !!!
    E para mim a Natureza é primordial!

    ResponderEliminar
  4. Anónimo9.3.11

    Com esse texto, o título bem poderia ser: "As Coisas da Natureza". Mergulhar as mãos na terra não é sujá-las, é dar-lhes vigor. E se a Natureza dá Sabedoria, acrescenta Força aos nossos actos e Beleza à nossa vida. Renovar é isso.

    ResponderEliminar