21.3.11

Um dos textos mais bonitos que já li, dedicado a um pai

Aqui
E ainda por cima tenho a sorte de ser amiga de infância desta querida.

3 comentários:

  1. Que saudades do meu pai.. que forma de amor tão bonita...

    ResponderEliminar
  2. Nada que a tua escrita não supere de longe.
    E obriagada pelas palavras e pela amizade (longa e acrescer).

    ResponderEliminar