13.11.10

Jardim de Outono - Jardim da Estrela












Quase 160 anos guardam histórias de mãos marcadas, jogos da vida em cartas baralhadas, conquistas, namoros, choros e gargalhadas, numa cidade que por vezes mutila a arte que sorri e seduz.
Como totens de tribo africana, centenárias árvores erguem os braços aos céus e expõem sem receios as raízes que amparam, acompanham e fortalecem a sua estrutura. 
É bom o balanço da infância sempre que alguém sabe que está na hora do iogurte. 
Por 1€ o eléctrico parte para Belém. Quando um dia a hora chegar, nós partimos também. 
Para sempre, juntos.

Sem comentários:

Enviar um comentário