19.10.12

Romã






A importância da romã é milenar, aparece nos textos bíblicos, está associada às paixões e à fecundidade. Os gregos a consideravam como símbolo do amor e da fecundidade. A árvore da romã foi consagrada à deusa Afrodite, pois se acreditava em seus poderes afrodisíacos. Para os judeus, a romã é um símbolo religioso com profundo significado no ritual do ano novo quando sempre acreditam que o ano que chega sempre será melhor do que aquele que vai embora.


Quando os judeus chegaram à terra prometida, após abandonarem o Egito, os 12 espias que foram enviados para aquele lugar voltaram carregando romãs e outros frutos como amostras da fertilidade da terra que Jeová (Deus) prometera. Ela estava presente nos jardins do Rei Salomão. Foi cultivada na antiguidade pelos fenícios, gregos e egípcios. Em Roma, a romã era considerada nas cerimônias e nos cultos como símbolo de ordem, riqueza e fecundidade.


Os semitas a chamavam de “rimmon”, para os árabes era conhecida como “rumman”, e mais tarde, os portugueses a chamaram de romã ou “roman”. Na Idade Média a romã era freqüentemente considerada como um fruto cortês e sanguíneo, aparecendo também nos contos e fábulas de muitos países. Os povos árabes salientavam os poderes medicinais dos seus frutos e como alimento.

É o que diz a Wikipédia.

6 comentários:

  1. Ontem, também "falei " na romã mo meu blog, http://na-provincia.blogspot.pt/2012/10/roma.html. Adoro este fruto
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Adoro romãs, só me aborrece descascá-las dão uma trabalheira enorme e tenho que as descascar de luvas encardem os dedos todos.

    O que é bom dá trabalho não é... pois acho que é assim com tudo na vida.

    beijinho
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. Tudo meninas de bom gosto, portanto!

    Menina AC... para a semana que vem está intimada a encontrar-se comigo.
    Aguardo novas de Vossa Senhoria.

    ResponderEliminar
  4. O meu pai sempre que comprava romãs ele dizia sempre:
    "Está uma romã... para ti e para a tua irmã"
    E sempre que as vejo recordo-me deste meu grande heroi, uma das pessoas mais importantes da minha vida :D

    ResponderEliminar
  5. Paula, há coisas tão simples que marcam a vida e as memórias das melhores pessoas da nossa vida. E por vezes elas nem sabem!

    Beijinho grande, querida amiga!

    ResponderEliminar