14.5.10

Para que conste

O meu porta bagagens nunca está desarrumado ou atafulhado. O meu porta bagagens é um centro de obras de caridade, um ponto de recolha de donativos - que levam o seu tempo a chegar aos carecidos, é verdade - mas que só aguarda o momento certo - que leva uma eternidade a chegar, eu sei - para fazer solidariedade.
Pronto, tenho dito. E espero que tenham percebido...

2 comentários:

  1. Gosto mais do teu porta bagagens do que do meu...
    Gostei do blog :)

    ResponderEliminar
  2. Não faço ideia porquê, mas espero que seja por uma boa razão.
    Obrigada pela visita e pelo comentário.

    ResponderEliminar