8.5.10

Ontem*

Num Coliseu cheio e vibrante, um concerto que me encheu a alma, me fez muitas vezes fechar os olhos e entregar o corpo ao ritmo, como se naquela imensa sala a abarrotar de gente não existisse mais ninguém, para além de mim.

*sonham lá o que me custou ficar quietinha para captar isto!!!


Sem comentários:

Enviar um comentário