21.12.12

E depois há as outras vantagens






















Por muito que refile, num dia quente como o de hoje, foi um privilégio poder andar sem restrições pelas ruas desta cidade que nunca me cansa. 

A começar pelo encontro com uma querida amiga, que se repartiu entre chás e croissants em dois dos lugares que mais adoro no Príncipe Real, e a terminar já a noite caía, a namorar o Natal pela Baixa e pelo Chiado, as montras mais especiais, as luzes e as pessoas. 

Se não soubermos apreciar e desfrutar pequenos prazeres como estes, como coisas boas da vida, de que são feitos afinal os nossos dias?





4 comentários:

  1. Lisboa é mesmo LINDA! Mas a fotógrafa também ajuda bastante!

    ResponderEliminar
  2. A descrição dispensa imagens, mas as imagens também dispensam descrições. Também adoro desfrutar de dias assim. Dar valor a estas pequenas coisas que a vida nos proporciona é o melhor que se leva da vida, sobretudo quando bem acompanhadas. Um FELIZ NATAL e um obrigada muito especial por dar um pulinho, de vez em quando ao meu "trintinha". É um privilégio, para mim, saber que passa por lá e ao mesmo tempo uma responsabilidade maior com tudo o que se relaciona com imagens/fotografias. É que o "Deixa entrar o Sol" é um verdadeiro exemplo em fotografias de qualidade.

    ResponderEliminar
  3. Ainda há uns dias estive em Lisboa mas deste-me uma vontade de voltar já já :)

    ResponderEliminar
  4. Gosto sempre tanto de tirar umas horas e ir passear ao Chiado no Natal, mas este ano ainda não consegui. Será que vai ser na próxima semana?
    Estas tuas imagens ainda me deram mais vontade.
    Um Natal muito, muito feliz para ti e um 2013 melhor que 2012, pelo menos.

    Um grande, grande beijo*

    ResponderEliminar