7.12.12

As velas e eu. Eu e as velas


Se há coisa de que sou consumidora compulsiva é de velas. Mas por muito que me encantem as velas decorativas, o que compro sempre são velas consumíveis, kgs e kgs de tea-lights do IKEA, de vários tamanhos e cheiros, com especial predileção pelas de canela, baunilha e caramelo. Todos os dias se acendem velas cá em casa, mesmo no Verão.
Mas há velas que são verdadeiras obras de arte e são quase irresistíveis. Como esta, por exemplo, que me foi oferecida há já uns bons anos pela mãe. Uma vela austríaca, artesanal, com direito a selo de autenticidade e tudo! E, vá, quem é que no seu perfeito juízo tem coragem de queimar uma coisa destas?... E como esta tenho mais, um esquilo e uma raposa fabulosos, da Villeroy & Boch, oferecidas pela mesma moça bem intencionada...

Por isso, gente querida da minha vida, se me querem oferecer velas, ofereçam, mas não me ofereçam coisas lindas e maravilhosas a que eu seja incapaz de botar fogo! Obrigada.

4 comentários:

  1. Essa é muito bonita mesmo. Eu também adoro velas, as de canela e jasmim são as minhas preferidas.

    Beijocas Sunshine. Até já!

    ResponderEliminar
  2. Linda. Também gosto muito de velas. Costumo ter acesas daquelas normais com cheiro. Acho que dão um ar acolhe dor à casa. Normalmente está no hall!

    ResponderEliminar
  3. Eu também adoro velas. E esta da foto é lindíssima.

    ResponderEliminar
  4. Eu realmente também não teria coragem de lhe deitar fogo...

    ResponderEliminar