27.1.14

Uma mão cheia de peças e outra cheia de vontade

Há fases em que tudo encaixa, tudo é redondo, perfeito, fluído. Nós andamos, progredimos e o mundo gira. Tudo é movimento!
Há fases que são fdp, em que nada acerta, nada se ajusta, tudo tem bicos, espinhos, degraus altos,  pedras soltas, obstáculos intransponíveis. Ficamos estagnados e o mundo parece parar de girar para assistir ao circo.

É assim a vida, feita de fases. Não é novidade para nenhum de nós. Mas não é com frases bonitas, pensamentos profundos, construções filosóficas nem equações complexas que se resolve. É mantendo uma mão cheia de peças e outra cheia de vontade de dar luta que um dia tudo encaixa e as dificuldades se ultrapassam.

Por aqui, há muito tempo que se navega na segunda maré. Mas lá diz o povo, há mais marés do que marinheiros. E eu, além de acreditar na filosofia simples das coisas, sou mulher de Fé. Sobretudo em mim. Janeiro fora, cresce uma hora, diz o povo, também. Venha ela, que eu cá estou!



nota: a quem nos últimos comentários me pediu as receitas de dois bolos partilhados por aqui, o meu pedido de desculpas pelo atraso. prometo remediar a minha falta nos próximos dias. fiquem atentas :)


7 comentários:

  1. Concordo plenamente.
    Apesar de nas fases mais duras ser difícil de relembrar que melhores dias virão.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas vêm. Vêm Sempre! :)

      Eliminar
    2. E um beijinho, Junto à janela!

      Eliminar
  2. tens tanta, tanta razão..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. beijo muito grande, querida ana!

      Eliminar