23.11.11

Liberdade


Liberdade. E livre arbítrio. Provavelmente os melhores presentes que nos são oferecidos no dia em que nascemos. Pena que tantas vezes os guardemos numa das muitas gavetas que vamos esquecendo de visitar e arrumar, ao longo da vida. Isso e a capacidade de chamar a nós a condução do nosso próprio caminho. 

4 comentários:

  1. Querida Margarida, e mesmo que por vezes os caminhos escolhidos não sejam aparentemente os melhores, foi nossa, essa escolha!

    ResponderEliminar
  2. Sempre, querida Manuela. Rigorosamente sempre.

    ResponderEliminar
  3. Verdade. Esquecemos-nos tantas vezes que somos nós quem conduzimos a nossa vida... deixamos-nos levar sem pensar que o tempo passa depressa demais para tanto que podemos viver.

    ResponderEliminar
  4. So true.
    Um beijinho querida Margarida.

    ResponderEliminar