9.11.11



* '.. quando duas almas gémeas se abraçam, sente-se o alivio imenso de não ter de viver. o abraço parece o fim. e é a paz inteira: nenhum outro gesto, nenhuma outra palavra é precisa para a completar. ..'

*mec.


retirado daqui

3 comentários:

  1. É tão verdade! :))




    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Moi e Tanita,
    Do Miguel Esteves Cardoso, para o caso de não ser percetivel. Como em tantos outros textos seus, magnifico!

    Um beijinho para vocês.

    ResponderEliminar