26.7.10

Dia dos Avós


Os dias comemorativos valem o que valem. Quando o que os justifica não tem expressão ao longo dos outros dias do calendário, não têm qualquer validade.

Não é por isso que hoje penso mais nela ou tenho mais saudades. A minha avó materna, minha companhia e companheira na infância e até há poucos anos, não tem hora ou dia marcado. Está comigo sempre. Onde quer que esteja, onde quer que vá.

Aos avós da minha M. - aos meus pais e à sua avó paterna - não há palavras que agradecçam por estarem sempre tão perto e serem referências tão importantes na sua infância.

Quem teve avós presentes sabe bem o quanto são estruturantes e fazem toda a diferença na forma como olhamos para a vida.

Que tenham todos um feliz dia e a certeza de desempenharem um papel insubstituível na vida das vossas crianças!

5 comentários:

  1. Um aboa parte de mim,

    Eu ainda tenho uma avó embora não viva perto!
    É sempre bom saber estas coisas!...
    Os avós são pessoas insubstituiveis sem dúvida alguma!...

    Beijinhos para ti!
    Sus

    ResponderEliminar
  2. É verdade, a minha está tão comigo apesar de ter partido há uns anos! Sim, que consigamos aquecer os corações daqueles que amamos, mesmo depois de partirmos! :-) Bonita fotografia! Beijos

    ResponderEliminar
  3. Parabéns a todos os vovôs e vovós pelo seu dia!

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Não tive a felicidade de conhecer os meus avós, nem paternos nem maternos...sinto pena, muita pena!
    Por isso me sinto tão feliz quando posso estar com a minha M e conversar com ela e rirmos e brincarmos numa cumplicidade que enche de alegria a minha alma!

    ResponderEliminar
  5. Sinto tanto a falta de não ter conhecido os meus avós... maternos e paternos...

    Sinto, Sinto.

    Infelizmente a vida levou-os cedo.

    Beijo meu

    ResponderEliminar