25.3.10

Resiliência

Começar o dia a dizer Olhe, costumo portar-me mal e por vezes desmaio, enquanto me estrangulam o braço com um garrote e me ameaçam com uma agulha, ter de beber um litro de água que não me apetece, ser esborrachada numa máquina de tortura mamária, ser besuntada com gel por todo o lado e ver-me rodeada de ridículas ventosas e ao fim de uma tão adorável manhã ainda chegar ao carro e vê-lo engalanado por uma fita amarela e preta com a simpática frase veículo bloqueado - o que é o mesmo que dizer: passa pra cá 60€ - quando ainda há menos de oito dias me deu para passar numa portagem sem retirar o bilhete e, em vez de pagar os esperados 0,40€, pagar 37,50€, numa espécie de viagem virtual ao Porto e ao mundo dos pesadelos reais, nesta fase da minha vida e na sequência do que vêm sendo os últimos largos tempos - leia-se mais de um ano... - só me faz pensar que o melhor é mesmo deixar de pensar e acreditar piamente que as idiotas como eu merecem o devido castigo.
Honestamente, honestamente?...
O elástico já teve bem mais longe de partir.

9 comentários:

  1. Há dias de desalento em que parece que perdemos a esperança e a fé em nós, no mundo, mas devemos nunca dar-nos por vencidos, amanhã é sempre um novo dia!

    ResponderEliminar
  2. Angel, acredita, é o que tento fazer, todos os dias. Isso e relativizar, mas por vezes a resistência chega à reserva mínima... Mas obrigada pelas tuas palavras :)

    ResponderEliminar
  3. Life sucks...acima e abaixo da Linha do Equador!!!

    ResponderEliminar
  4. Montanha Russa esta nossa Vida querida M.
    Devem dar-nos estes momentos, para em breve podermos saborear os bons momentos que vem aí... Acreditas???
    Eu já acreditei a 100%.
    Hoje estou nos meus 100%-10%, mas ACREDITA.. ACREDITA E ACREDITA.

    Tempos de controvérsia e desafio ??? Larguem a M., JÁÁÁ !!!

    ResponderEliminar
  5. Caramba, BTW!!!
    Não podias ter ficado pelo "gel besuntado por todo o lado"? Talvez substituindo o gel por chantilly... não?

    Para que é o resto?
    Ai, ai!!!
    Nunca mais aprendes a andar só no lado bom da vida...

    ;)

    (deixa lá, há esses dias e há os outros...)

    ResponderEliminar
  6. Werner, lamento sabê-lo...
    Um abraço grande. Obrigada por passares por aqui.

    ResponderEliminar
  7. Miudaaa querida e linda,
    Limito-me a esperar que passe. Como dizia a minha sábia bisavó, vou flutuando, como a cortiça. Sei que o Tempo faz o resto. Faz sempre. Isso já há muito aprendi. E aprendi também a preservar-me, enquanto espero. Honestamente, duvido que se andasse a comprimidos conseguisse ter mais paciência...
    Beijo grande, minha querida e doce amiga. Eu ACREDITO que os teus momentos de saborear não tardam. Porquê? Simplesmente porque os mereces!

    ResponderEliminar
  8. Miguel, meu querido:
    Preferia certamente o chantily, acredita.
    Quanto ao resto: respondo-te com o post de hoje.
    Vale-me a certeza de que não é a Vida que conspira contra mim....

    ResponderEliminar
  9. Não percebes que os senhores da Emel e da Brisa são pobrezinhos? nós temos de os ajudar, senão vão à falência!
    Chulos da mer** (desculpa é só um desabafo)

    ResponderEliminar