25.3.10

Procuro

Uma espécie de paz.

2 comentários:

  1. Prometes que partilhas a morada? Preciso tanto dela mas não a agarro...
    Culpa nossa? Corremos pouco? Honestamente, não entendo, mas quando entender partilho contigo, na esperança e no querer muito que já tenhas encontrado a TUA PAZ. A que tu M E R E C E S !!!

    Beijo meu.

    ResponderEliminar