21.7.14

Manhã (na) desportiva



Durante quase quatro anos frequentei diariamente um ginásio. Há mais de quatro anos que deixei de o frequentar. Quando racionalizar despesas se impõe, é fácil perceber o supérfluo de que algumas se revestem. Num país abençoado por um clima como o nosso e uma cidade plantada à beira de um rio, há despesas que são quase absurdas. Apesar de tudo, não posso negar a falta que por vezes sinto de algumas aulas. O Step, o Jump, o RPM, o Balance... e o Jam... ai o meu querido Jam! Mas sobrevive-se!

Sempre que posso, que a vida profissional o permite ou sempre que o corpo já grita por isso, saio para correr de manhã. Quer queiramos, quer não, é um luxo na vida poder começar o dia, a semana, com exercício e ar livre. E depois há todo um laboratório social, por este percurso fora. A forma como caminhamos, como corremos, pode contar tanto sobre nós, sem que troquemos uma palavra que seja.

Há os que correm como Prima-Donas [ Os - artigo definido masculino plural - aqui de origem duvidosa], melhor dito, que esvoaçam, numa perfeita evocação de "Chariots of fire", em câmera lenta, com banda sonora e tudo.
Há os que correm a treinar para a maratona.

Há os que correm para esquecer que estão desempregados.
Há os que correm para esquecer que estão empregados.

Há os que correm porque correr parece ser, atualmente, uma alienada palavra de ordem.
Há os que correm porque sempre correram.
Há os que correm porque descobriram que gostam.

Há os que correm contrariados. Como eu.
Dai-me Senhor kms para fazer, mas a caminhar! Ainda em Abril, em cinco dias, fiz Paris de lés a lés, sempre a pé, com equivalência a uma peregrinação de Lisboa a Fátima, sem me queixar. 
Dai-me Senhor estrada para fazer, sempre a pedalar!
Mas correr, Senhor, senhores... Correr é decididamente coisa que dispenso. Mais c'est pas la noblesse qu'oblige. C'est l'âge! Essa é que é essa!

5 comentários:

  1. Posso assinar em baixo?? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes, querida Tanita!
      E que bom foi ter-te a comentar! ♥

      Eliminar
  2. Não corro, nado!
    Isso para mim é líquido.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora a isso chamo Sabedoria em estado puro, Rui! ;)

      Eliminar
  3. A ambos,

    Sabem tão bem, estas visitas de "antigos amigos"!

    Ambos pertencem ao grupo restrito de quem passou daqui para a privacidade acessivel do FB pessoal. Bom sinal por um lado. Por outro, pelo menos para mim, tornou quase inexistente a visita à casa de partida, o blogue de cada um. Ao aparecerem por aqui percebi o quanto sabe bem e complementa, essa proximidade. Tenho de me redimir da minha ausência nos vossos!

    ResponderEliminar