19.7.14

Amar o que se tem à mão










O Sol de Lisboa e o que nesta cidade me aproxima do campo. 
O melhor do que tenho à mão mora dentro de minha casa, até o futuro se instalar no presente que sonhei para ele.

Sem comentários:

Enviar um comentário