29.5.11

Ontem...


Enquanto a chuva namorava com as ruas de Lisboa eu namorava com a Vida, escutando, contemplando, bebendo cada gota e cada benção do que ela me dá, dentro do carro. E sorri.

Sem comentários:

Enviar um comentário