27.1.15

Quando o branco se torna azul


Não é novidade. Da ilustração à pintura, crescemos com imagens que reproduzem cenários de paisagens nevadas em tons de azul. Sabemos. Eu sabia. Não tinha esquecido. Mas voltar a debruçar um olhar mais demorado sobre esse efeito da refração da luz foi um privilégio e uma nova oportunidade de contemplação. Para uma visita que soube a tão pouco, as condições do tempo não podiam ter sido melhores. Um céu escandalosamente azul, um sol grande e generoso a derramar o charme da sua luz por todos os recantos, uma temperatura amena, um lado da Serra longe das multidões que subiram à torre para umas horas de diversão. A comunhão e a paz de espírito. Perfeito!
Estas não foram as únicas imagens que trouxe comigo, mas o tempo para as selecionar e partilhar não tem estado do meu lado. Para os próximos dias prometo mais.

3 comentários:

  1. Fico mais maravilhada a cada foto ☺

    ResponderEliminar
  2. O azul...o azul. Estas fotos transmitem mesmo o porquê de nos debruçarmos desde sempre sobre essa cor. Maravilhosas!

    Blog

    ResponderEliminar
  3. Simplesmente ... Inspirador!
    Grata
    Beijinho!

    ResponderEliminar