28.8.15

Amor-a-metro e outras histórias



Para quem cresceu entre linhas, botões e entretelas, é sempre um motivo de felicidade encontrar lojas que contrariam a tendência deste país - desprezar o comércio de rua e ignorar o valor de lojas de mantêm viva a alma de um povo. Negligenciar fatores como estes, é uma outra forma ser inculto. É ser provinciano, no pior sentido do termo. 
The Craft Company contraria a tendência, numa Vila que já foi conhecida pela exuberância e originalidade do seu comércio de rua, que incluía o comércio ambulante, na era pré-China store, na Rua Direita. Num cantinho discreto, Cascais ficou mais bonita. E mais culta. Assim quem a frequenta faça o resto e lhe dê longos anos de vida. 
A sua proprietária, Alexandra Egreja, está decididamente de parabéns. Pelo arrojo e pelo bom gosto, sobretudo ao apostar em promover do melhor Made in Portugal, neste segmento.

Sem comentários:

Enviar um comentário