29.12.13

A ver pelos últimos posts...



A ver pelos últimos posts, pode parecer que os últimos dias foram inteiramente passados na cozinha. Ou que este blogue tem pretensões de parecer um blogue de receitas. Ou que todos os meus pensamentos e ações andam entre tachos e panelas. Nada disso. De facto, nas últimas semanas dediquei mais horas do que o habitual a estas lides e tenho um particular prazer em meter as mãos na massa quando se trata de épocas festivas. Mas nem a arte nem o engenho são tantas que estas partilhas não passem disso mesmo, pequenas partilhas, nem me parece lógico que de repente toda a gente tenha passado a publicar receitas como se fosse Chef. 

Se existem blogues verdadeiramente extraordinários, onde a fome com a vontade de comer surge a cada imagem partilhada e em cada ingrediente sugerido, confesso que me começa a criar um certo enjoo que da simples confeção de algo que já se viu noutro lado se faça a festa ou alarido de um ovo de Colombo ou de um épico feito próprio.

Gostar de cozinhar e ter um certo cuidado na elaboração do que se faz não nos torna a todos Chefes de Cozinha. O seu a seu dono e, como dizia alguém que muito estimo: não vá o sapateiro além das meias solas.

A moda dos blogues de receitas é isso mesmo, uma moda. Como toda a moda, será sujeita à fina peneira do tempo que apenas a alguns irá deixar lugar. Aos reais, feitos de gente real. Feitos de gente modestamente genuína. De gente simplesmente real e não de produtos de marketing.

Pela minha parte, fica a confissão do especial apreço por dois blogues que enquadro nesta genuinidade e que não raras vezes me dão vontade de ter mais tempo - e vítimas! - para me dedicar à cozinha. Falo do Ananás e Hortelã e do Hoje para jantar. Ambos da autoria de mulheres talentosas, com sabedoria em conta, peso e medida, e os ingredientes certos para conquistar pelos olhos e pela barriga, de forma simples e despretensiosa mas profissional.  

E pronto, já há algum tempo que me apetecia falar delas. Além do mais, não as conhecendo pessoalmente, a Inês e a Vera são duas pessoas por quem tenho um carinho especial.

Ah! E estas imagens são só do bolo de anos do grande Patriarca da familia. O meu papá, que sempre fez questão que o seu bolo de aniversário fosse o bolo de bolacha feito pela filha. O da receita tradicional, com creme de manteiga e bolachas bem ébrias de café. Aqui por casa, a meia noite de dia 24 de Dezembro tem um sabor duplamente especial. E já lá vão uns belos e rijos 73! 



6 comentários:

  1. O As Minhas Receitas também é bom! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. by Colher de Pau, Sílvia?...

      Se sim, tens toda a razão :)

      Eliminar
  2. Como sabes, em termos culinários sou neutra ;) por isso apresento-te um recente: http://caderninho-preto.blogspot.pt/ e deixo um beijoca de parabéns ao pai.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Scarlet!

      Pela dica e pelos parabéns ao pai ;)

      Eliminar
  3. olá Margarida!
    Parabens pelo teu blog! sou tua seguidora ja algum tempo e adoro!
    Podes publicar a receita do bolo? queria fazer para o aniversario da minha afilhada que adora bolo de Bolacha...

    Obrigada e beijocas,
    Cristina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cris, peço desculpa pela demora... mas o post de hoje é de certa forma dedicado a si :)

      http://deixaentrarosol2.blogspot.pt/2014/02/amores-antigos.html

      E se quiser, venha depois partilhar como ficou o seu :)
      Um beijinho!

      Eliminar