4.9.11

Reencontrar caminhos percorrendo trilhos








Percorro quilómetros procurando o equilíbrio entre a ilusão do reencontro em cada partida e o deslumbramento no reencontro a cada chegada. Porque tenho o obstinado vício de questionar quem sou e por onde trilho o meu caminho e a estranha teimosia de não desistir enquanto não encontro as respostas. 
Ainda que a chuva me aqueça por dentro em muitos dias, é este Sol que me guia e ilumina a caminhada. 
Relembro e confirmo o poder reparador que tem o vento, a despentear-nos os cabelos e a arrumar-nos as ideias... Gosto de ti, Vida!

4 comentários:

  1. Querida Margarida, as tuas fotografias, estão belíssimas. :)

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, Manuela. São uma boa parte de mim :)

    ResponderEliminar
  3. Querida M, que textos e fotografias tão bonitas, estou duplamente maravilhada :D

    ResponderEliminar
  4. Querida T.

    Lugares inspiradores geram momentos inspirados :)

    Beijinho grande, grande

    ResponderEliminar