22.8.13

[ || ]



Não sei onde estás, por onde andas, mas sei que existes e que te vou encontrar.
Até lá aguardo, com a serenidade de quem tem a certeza que estás a caminho e vais chegar.

2 comentários:

  1. Pedimos desculpa mas é apenas para divulgar. Um casal, a crise, poupanças e histórias de quem vive a crise como muitos outros, mas onde a poupança é o melhor remédio. Pode passar a mensagem…? Obrigado! um blog engraçado

    http://ocarteiravazia.blogspot.com/

    ResponderEliminar